“Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo”.  (João 14.2...

Paz fruto do Espírito


“Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo”. (João 14.27)
Que paz não é ausência de guerras, problemas, desafios, mas, sim, um estado de espírito, todo (ou quase todo) o mundo sabe. Paz é uma característica do fruto do Espírito de Deus, que habita em nós. Podemos desfrutá-la quando não damos espaço na nossa vida para pensamentos e sentimentos que buscam satisfazer a todo custo os desejos da nossa carne, mantendo-nos numa corrida frenética rumo à sua realização, tirando nossa tranquilidade; quando colocamos sobre Cristo nossas ansiedades, preocupações e vontades.
Nosso Senhor Jesus não nos promete dias fáceis, sempre tranquilos. Pelo contrário, nos alerta dizendo que haverá aflições, mas que nEle podemos ter paz (João 16.33). Somente nEle, o Príncipe da Paz, podemos descansar a nossa alma, desacelerar o nosso coração, viver pacificamente e, por Sua graça, levar essa paz a outras pessoas. Leia a Palavra de Deus, ore, diga ao Senhor sobre os conflitos que existem no seu interior, desabafe com Ele. Ele já sabe de tudo, mas quer ouvir de você. E a paz dEle encherá todo o seu ser.

0 coment�rios: